Dicas de como cuidar bem do seu Jardim

Aprenda mais sobre o plantio e a manutenção de suas plantas, incluindo as principais características de diversas espécies.

Tuia Holandesa

tuiaholandesa_grande

Pode ser transplantado, para que as raízes tenham mais espaços.

O local ideal é à meia-sombra, onde receba cerca de duas horas de sol direto por dia.

Em locais de clima ameno, pode ficar sob luz solar direta, em tempo integral.

O cultivo em vaso exige regas diárias e locais bem iluminados.

Utilizar adubos para plantas verdes seguindo instruções do fabricante.

Tuia Strickita

tuiastrickta_grande

Em local adequado, a Strickita chega a até 5m de altura. Ela pode ser usada em jardins a pleno Sol, onde atinge sua beleza máxima, ou para decoração de interiores, sendo que em ambientes internos (em vasos) sua permanência máxima é de 5 semanas.

Pode ser transplantado para que suas raizes tenham mais espaço.

O local ideal é em jardim, a pleno sol.

O cultivo em vaso exige regas diárias e a utilização de adubos para plantas verdes, seguindo as instruções do fabricante.

Antúrio

anturio_grande

Iluminação: Deve ser mantido sempre a meia sombra, evitando a luz direta do sol.

Rega: Deve-se manter o solo úmido (não encharcado). Evitar molhar folhas e flores no inverno. Solo rico e bem drenado.

Poda: Não é necessário fazer poda, porém é interessante sempre fazer a limpeza do vaso retirando folhas secas com uma tesoura ou estilete.

Uso: varandas, terraços, saguões ou cantos sombreados.

Azaléia

azaleia_grande

Iluminação: Deve ser mantida sempre a meia sombra. janelas voltadas ao sol nascente são interessantes.

Rega: O substrato deve ser mantido sempre úmido (não encharcado). A água deve ser colocada uniforme e delicadamente no substrato, até que o excesso comece a sair pelos orifícios abaixo do vaso. É importante que a água não fique acumulada no pratinho. O melhor horário para as regas é nas primeiras horas horas da manhã.

Poda: Não é necessário fazer a poda e sim a limpeza do vaso retirando as folhas secas.

Uso: Interiores bem claros.

Lírio

lirio_grande

Iluminação: Requer ambiente fresco e com boa iluminação, evitando o sol nas horas mais quentes do dia.

Rega: O substrato deve ser mantido sempre úmido (não encharcado). A água deve ser colocada uniforme e delicadamente no substrato, até que o excesso comece a sair pelos orifícios abaixo do vaso. É importante que a água não fique acumulada no pratinho. O melhor horário para as regas é nas primeiras horas horas da manhã.

Poda: Não é aconselhável poda.

Uso: Arranjo de mesa e jardins.

Spathiphyllun (Lírio da Paz)

spathiphyllun_grande

Iluminação: Deve ser cultivado a meia sombra, nunca permanecendo sob a luz direta do Sol.

Rega: O substrato deve ser mantido sempre úmido (não encharcado). A água deve ser colocada uniforme e delicadamente no substrato, até que o excesso comece a sair pelos orifícios abaixo do vaso. É importante que a água não fique acumulada no pratinho. O melhor horário para as regas é nas primeiras horas horas da manhã.

Poda: Não é necessário fazer a poda, porém é necessário sempre fazer a limpeza periódica do vaso retirando as folhas amarelas com uma tesoura ou estilete.

Uso: Arranjo de mesa, jardins de inverno, parques e bosques sombreados.

Orquídea Demdrobium

dendrobium_grande

Iluminação: Local bem iluminado e bem ventilado onde possa receber o sol da manhã das 7 às 9 horas. Evitar as horas quentes.

Rega: Regar regularmente. Depois da rega retire o excesso de água do pratinho para que as raízes não fiquem danificadas ou até mesmo venham a apodrecer.

Poda: A poda deve ser feita quando as flores murcharem. Corte a haste deixando aproximadamente 20cm na planta. A época de florescer naturalmente é após o inverno, quando é formado o botão. É por isso que o pico do florescimento ocorre no início da primavera.

Uso: Vaso de mesa, em salas, jardins presos à árvores.

Orquídea Phalaenopsis

orquideadendrobium_grande

Iluminação: Local bem iluminado e bem ventilado onde possa receber o sol da manhã das 7 às 9 horas. Evitar as horas quentes.

Rega: Regar regularmente. Depois da rega retire o excesso de água do pratinho para que as raízes não fiquem danificadas ou até mesmo venham a apodrecer.

Poda: A poda deve ser feita quando as flores murcharem. Corte a haste deixando aproximadamente 20cm na planta. A época de florescer naturalmente é após o inverno, quando é formado o botão. É por isso que o pico do florescimento ocorre no início da primavera.

Uso: Vaso de mesa, em salas, jardins presos à árvores.

Violeta

violeta_grande

Iluminação: Deve ficar em local bem iluminado, porém onde não fique exposta diretamente ao sol. O Sol da manha é excelente para as violetas.

Rega: O substrato deve ser mantido sempre úmido (não encharcado). A água deve ser colocada uniforme e delicadamente no substrato, até que o excesso comece a sair pelos orifícios abaixo do vaso. É importante que a água não fique acumulada no pratinho. O melhor horário para as regas é nas primeiras horas horas da manhã.

Poda: As folhas devem ser retiradas deslocando-as lateralmente, e retiradas rente ao centro da planta, ou seja, todo o cabo da folha deve ser retirado. Após a poda, diminuir consideravelmente a rega durante três semanas, deixando o substrato secar entre cada rega.

Uso: Vaso de mesa e janelas.

Roseira

roseira_grande

Iluminação: As roseiras devem ser colocada em locai arejados e que recebam ao menos 7 horas diárias de sol direto.

Rega: Coloque a água uniformemente na terra até que esta comece a pingar pelos orifícios do vaso. O excesso de água que fica no pratinho deve ser eliminado.

Poda: Após a floração, contar de baixo pra cima da haste duas folhas e cortar entre a segunda e a terceira folha, isso promove o aparecimento de novos brotos. Deve-se repetir o processo após cada floração.

Uso: Vasos de mesa, janelas, jardineiras e jardins.

Begônia

begonia_grande

Iluminação: Sempre luz indireta e intensa.

Rega: O substrato deve ser mantido sempre úmido (não encharcado). A água deve ser colocada uniforme e delicadamente no substrato, até que o excesso comece a sair pelos orifícios abaixo do vaso. É importante que a água não fique acumulada no pratinho. O melhor horário para as regas é nas primeiras horas horas da manhã.

Poda: Não é necessário fazer a poda e sim a limpeza do vaso retirando as folhas secas.

Uso: Planta de mesa, jardineiras que não recebem Sol direto.

Kalanchoe

kalanchoe_grande

Iluminação: Luz direta em grande quantidade.

Rega: O substrato deve ser mantido sempre úmido (não encharcado). A água deve ser colocada uniforme e delicadamente no substrato, até que o excesso comece a sair pelos orifícios abaixo do vaso. É importante que a água não fique acumulada no pratinho. O melhor horário para as regas é nas primeiras horas horas da manhã.

Poda: Não é aconselhável poda.

Uso: Arranjo de mesa em jardins com bordaduras.

LEGENDAS

Cuidados básicos

Retire os galhos secos.

Retire ramos, flores e folhas murchas e secas.

Pulverize água regularmente sempre quando a planta não estiver florida.

Adubar regularmente.

Iluminação

Exposição direta

Luz indireta na maior parte do dia. Tolera alguma exposição direta à luz do sol.

Exposição indireta

Luz indireta na maior parte do dia. Tolera alguma exposição direta à luz do sol.

Exposição indireta

Porém menos tolerante à luz solar. Prefere luz difusa, através de vidraças, cortinas ou outras plantas.

Sombra

Não tolera exposição direta ao sol. Deve ser mantida sob iluminação, nunca obscuridade.

Rega

Rega abundante

Frequente e constante, principalmente no verão.

Rega regular

Quando o substrato apresentar aspecto seco em sua superfície.

Rega esparsa

Suficiente para hidratar o solo. A terra deve estar seca em sua superfície para só então hidratar a planta novamente.

Ambiente

Ambientes internos

Não deve ser exposta a intempéries.

Ambientes internos ou externos.

Ambientes externos

Suporta intempéries.