Você está comprando em: Covabra. Clique para trocar

Carnes

Carnes
Não encontramos produtos correspondentes a seleção.
As carnes fazem parte do cardápio de boa parte das casas brasileiras e assim como o arroz com feijão são bem típicos do país, vários cortes de carne também são bem comuns por aqui. Existem diversos tipos de corte que se destacam por diferentes motivos; uns são mais populares por conta do preço, enquanto outros são mais saborosos e refinados. Isso se deve porque, ao longo do tempo, as formas de corte foram sendo aprimoradas, resultando em carnes mais diversificadas e acessíveis para todo mundo. Hoje em dia, há uma série de cortes de carnes (alguns especialistas no assunto apontam até 21 tipos diferentes) e aqui, vamos destacar os principais para te ajudar ainda mais na hora das suas compras! Confira! 

Quais são os tipos de corte de carne bovina

Filé Mignon 

A carne mais nobre no mercado é o filé mignon, uma vez que essa peça não possui gordura - ou seja, ela é magra -, nem fibras ou nervos. Isso faz com que ela seja bem macia e esteja presente em muitos pratos gourmets. Como por exemplo, os medalhões, strogonoff, entre outros. No animal, esse corte vem da parte traseira onde não há muitos movimentos dos músculos, por isso a ausência de gorduras.

Contrafilé

Ao lado do filé mignon, mais especificamente no lombo do boi, é possível encontrar outro corte muito apreciado pelos brasileiros, o contra filé. É nessa área que está localizada a bisteca bovina, corte ideal para fazer bifes saborosos e outras receitas.  Uma curiosidade: se o contrafilé for cortado com o osso junto ao osso, esse corte é chamado de T-bone.   Além disso, precisamos destacar que o contrafilé é o corte mais longo do animal, chegando a representar mais de 13% de seu corpo. 

Alcatra 

A peça de alcatra inteira é composta por três partes: o miolo de alcatra, a picanha e a maminha.  O miolo de alcatra ainda pode ser dividido em dois cortes muito nobres conhecidos como o bom bom e o baby beef. Uma das melhores formas de se apreciar esses cortes, segundo os apreciadores de carnes, é com um bom grelhado já que eles são menos gordurosos, saborosos e macios.  A picanha é  um corte bem típico dos brasileiros. Apesar de ser considerada uma carne de primeira, diferente das outras, ela possui uma grossa capa de gordura. Porém, de acordo com os apreciadores de carnes, é essa gordura que oferece o grande diferencial do corte. Assim, deixando a carne macia e agradável a diversos paladares. A maminha também é considerada uma carne nobre. Então, ela é usada por muitos para churrascos, pois é muito macia e saborosa.  Porém, é preciso estar atento ao local de compra da carne. Uma vez que ela precisa ser cortada de forma correta, contra as fibras. Somente dessa forma que será possível apreciar toda a maciez e sabor da carne. Caso contrário, você terá uma carne considerada dura, impossível de comer. A maminha também é usada para fazer no forno ou peça inteira no espeto.

Patinho 

Para quem gosta de mais versatilidade na cozinha, o patinho é perfeito para uma série de pratos. Ainda que seja mais fibrosa do que outros tipos de corte, o patinho ainda é mais magro e suas fibras mais macias.  Por isso, é interessante apostar nela moída, para o preparo de recheios, refogados ou hambúrgueres. Ou em cubos para fazer ensopados e picadinhos. 

Fraldinha 

Não podemos mencionar hambúrgueres e não pensar na fraldinha. Vindo de uma lateral e pequena do boi, esse corte é também incrivelmente versátil e perfeito para o preparo de hambúrgueres caseiros. A fraldinha é excelente para fazer assado no forno ou na panela, muito macia e saborosa, outra forma de preparo da fraldinha é a peça inteira no espeto, tipo churrascaria.

Filé de costela 

Dependendo do país que você está, o filé de costela pode ser reconhecido com outros nomes, como bife ancho, entrecote, noix. Ele também é retirado do contrafilé.  Da mesma forma que o contrafilé com osso recebe um nome diferente, o filé de costela com osso é chamado de prime rib. Porém, ele pode mudar de acordo com o comprimento da peça; os ossos com mais de 30 cm de comprimento são considerados tomahawk.  Para que você aproveite ao máximo esse corte, faça-o na grelha ou em uma churrasqueira, começando a assar sempre pelo lado do osso. Dessa forma, é possível favorecer ainda mais o sabor da carne. 

Ossobuco

O ossobuco é um corte de carne retirado da perna traseira do boi, ou seja, o músculo com osso. O corte é usado para fazer ensopados e é muito apreciado pelo seu sabor diferenciado, isso se dá por conta do tutano dentro do osso. 

Assado de tira 

O assado de tira é um corte retirado da costela dianteira do boi. Esse é um corte transversal, ideal para fazer assado em grelha ou parrilha. 

Quais são os tipos de corte na carne de frango? 

Para aqueles que não gostam muito de carne vermelha, as aves são uma ótima opção para complementar a alimentação. Existem diversos tipos de aves disponíveis no mercado, mas o mais comum de todos é o frango. Entre os principais cortes, podemos destacar:

Peito de frango

Essa é uma carne com baixo teor de gordura, por isso é muito utilizada por quem segue uma dieta mais restrita. Além disso, ela possui menos pele quando comparada com os outros tipos de corte. O peito de frango é bem versátil e prático, portanto pode ser consumido de diversas formas como por exemplo assado, grelhado, à parmegiana, desfiado etc.

Coxa e sobrecoxa

A coxa e a sobrecoxa são dois cortes que possuem um teor alto de gordura, por conta disso são de dar água na boca. Eles são muito usados em sopas e caldos para dar realçar o sabor da receita, mas também consumido assado e empanado. 

Asa de frango

Decerto que em um churrasco não pode faltar aquela carne vermelha suculenta, porém, a asinha de frango é também um corte sempre bem-vindo no cardápio.  Apesar da maior concentração de pele e gorduras, a asa não possui muito tecido muscular e é perfeita tanto assada quanto frita. 

Coxinha da asa

A coxinha da asa também é um corte muito procurado para ser usado no churrasco, e também assado, e ao molho.

Meio da asa

O meio da asa, também conhecido como tulipa, fica entre a coxinha da asa e a ponta. É uma peça pequena, bem macia, saborosa e versátil. É um dos mais tradicionais cortes de frango para servir no churrasco, mas pode ser servido frito, assado, empanado e ao molho.

Quais são os tipos de corte de carne suína

A carne suína é também bem comum e consumida no Brasil. Além de ser bem nutritiva, ela possui cortes bem suculentos e agradáveis ao paladar. Alguns dos cortes recebem os mesmos nomes que o bovino. Porém, outros mais populares são:  

Bisteca

A bisteca suína é um dos cortes mais famosos nas casas brasileiras. Ela está no dia a dia das pessoas, uma vez que pode ser preparada facilmente e combina muito bem com aquele feijão com arroz. Seja grelhada, assada ou frita, a bisteca fica muito macia e suculenta no prato. 

Pancetta 

A pancetta é a parte inferior da barriga do porco. Esse corte possui um sabor específico e aquela casquinha bem característica que muitas pessoas apreciam, principalmente quando assada na churrasqueira. Além disso, é da pancetta que se origina um dos cortes mais populares no mundo todo, o famoso bacon.  

Costelinha

A costelinha é um corte obtido da porção lombar do suíno. É um corte grande que começa no peito e vai até a parte traseira do porco. Muito procurada para várias culinárias, ela pode ser consumida assada no forno, no churrascos etc. 

Pernil

O Pernil é um corte muito procurado nas datas comemorativas, principalmente no natal e final de ano para fazer ceias. Esse é um corte muito saboroso que pode ser feito de várias maneiras: assado, cortado em cubos na panela, na feijoada etc. 

Lombo

O lombo é um corte muito saboroso, usado nas datas comemorativas, é um corte com um teor de gordura baixo.

Peixes e frutos do mar 

Aprofundando ainda mais a categoria de carnes, precisamos levar em consideração os peixes e frutos do mar, que também estão bem presentes nas receitas dos brasileiros. Principalmente nas datas comemorativas, como por exemplo a Páscoa, quando não pode faltar o bacalhau.  Os peixes são ótimas fontes de vitaminas, minerais e proteínas, principalmente o ômega-3, um ácido graxo que faz muito bem para a nossa saúde, mas que o nosso corpo não produz naturalmente. Por isso, é importante que a sua suplementação seja feita através da alimentação, com alimentos onde ele está presente.  Além disso, os filés de peixe congelado são uma ótima alternativa para substituir a carne vermelha. E também são uma bela mão na roda quando precisamos de uma refeição rápida e leve. Basta colocar em uma forma com algumas batatas, temperar da sua maneira e levar para assar.  Podemos destacar também que os peixes enlatados são extremamente práticos para quem quer uma proteína pronta para consumir. Você pode usar o atum enlatado para fazer uma salada diferente, proteica e rica em vitaminas. 

Carne de cordeiro

A carne de cordeiro é uma importante fonte de vitaminas e proteínas e é uma ótima alternativa para quem curte uma carne com um sabor diferente. Ela é bem suculenta e mais delicada e por isso conquista cada dia que passa o paladar dos brasileiros.  Entre os principais cortes desse tipo de carne podemos destacar: 
  • Costela; 
  • Picanha; 
  • Pernil; 
  • T-bone; 
  • Cerre; 
  • Contra filé;
  • Capitão;
  • French Reck;
  • Short Reck;
  • Paleta. 
  Enfim, aqui estão as carnes mais populares no nosso país. E todos eles você pode encontrar aqui no Covabra! As nossas carnes possuem garantia de qualidade dessa forma garantindo as melhores refeições para você e sua família.