Icone Caminhão

FRETE GRÁTIS a partir de R$299

Breadcrumb Home Arrow Coleção

Filtros

Marca
Departamento
Categoria
Subcategoria
Faixa de Preço

Sem Glúten

Mostrando 24 de 110

SEM GLUTEN

O glúten, uma proteína encontrada em cereais como trigo, cevada e centeio, pode ser um desafio para algumas pessoas devido a intolerâncias ou doenças como a doença celíaca. No entanto, nos últimos anos, o consumo de alimentos sem glúten não se restringe apenas a indivíduos com sensibilidade ao glúten. Muitas pessoas adotam uma dieta livre de glúten como parte de suas escolhas alimentares, seja por questões de saúde, modismo ou crença em seus benefícios. Neste texto, exploraremos os alimentos sem glúten, seus impactos na saúde e a crescente popularidade dessa dieta.

O que são alimentos sem glúten?

Os alimentos sem glúten são aqueles que não contêm a proteína glúten ou foram processados de forma a removê-la. Alimentos naturais, como frutas, verduras, carnes, peixe e frutos do mar, geralmente não contêm glúten em sua forma pura. No entanto, produtos derivados de trigo, contêm glúten em sua composição tradicional.

Os principais alimentos que contêm glúten incluem

  • Trigo: O trigo é uma das fontes mais conhecidas de glúten e está presente em diversos alimentos, como pães, massas, bolos, biscoitos e cereais matinais.
  • Cevada: A cevada também contém glúten e é frequentemente encontrada em cervejas, sopas, cereais e alimentos processados.
  • Centeio: O centeio é outro cereal que contém glúten, e é comumente utilizado em pães, especialmente em algumas variedades de pães escuros.
  • Malte: O malte é um ingrediente derivado do trigo e da cevada, amplamente utilizado em produtos como cerveja, adoçantes e alguns tipos de cereais.
  • Farinhas de trigo, cevada e centeio: Além dos cereais inteiros, as farinhas produzidas a partir de trigo, cevada e centeio também contêm glúten e são utilizadas para fazer inúmeros produtos de panificação.

A dieta sem glúten e a doença celíaca

Para pessoas diagnosticadas com doença celíaca, uma condição autoimune em que a ingestão de glúten danifica o revestimento do intestino delgado, a dieta sem glúten é uma necessidade médica. Consumir glúten pode levar a sintomas desconfortáveis, deficiências nutricionais e problemas de saúde a longo prazo. Para esses indivíduos, a eliminação completa do glúten é fundamental para uma vida saudável e bem-estar geral.

Sensibilidade ao glúten não celíaca

Além da doença celíaca, algumas pessoas relatam ter sensibilidade ao glúten sem serem portadoras da doença. Os sintomas dessa sensibilidade podem incluir inchaço, dor abdominal, fadiga e distúrbios digestivos. No entanto, a sensibilidade ao glúten não celíaca ainda é um tema controverso entre os profissionais de saúde, pois sua existência não é bem compreendida e os testes de diagnóstico são limitados.

Dietas sem glúten

Nos últimos anos, a dieta sem glúten ganhou popularidade, indo além das pessoas com necessidades médicas. Alguns indivíduos adotam essa dieta por acreditarem que ela pode ajudar na perda de peso, melhoria da saúde digestiva ou até mesmo para aumentar a energia. No entanto, é importante enfatizar que não há evidências científicas sólidas para apoiar tais afirmações em pessoas que não possuem intolerância ou sensibilidade ao glúten.

Desafios na alimentação sem glúten

Antigamente, alimentos sem glúten eram mais difíceis de encontrar e não havia tanta variedade quanto temos atualmente. No geral, esses alimentos só eram encontrados em casas de alimentos naturais específicas. A conscientização sobre a doença celíaca e a sensibilidade ao glúten era menor, o que resultava em uma oferta limitada de produtos livres de glúten no mercado. Além disso, a tecnologia e a pesquisa relacionadas à produção de alimentos sem glúten também não eram tão avançadas quanto são hoje. Hoje além de ser possível encontrar uma enorme variedade desses produtos, supermercados possuem seções especiais para alimentação sem glúten, como é o caso do Covabra. Possuímos uma categoria exclusiva destinada a esses tipos de alimentos e você pode adquirir esses produtos no conforto da sua casa. Os alimentos sem glúten são uma necessidade para pessoas com doença celíaca e podem trazer benefícios para aqueles com sensibilidade ao glúten. No entanto, a adoção de uma dieta sem glúten por outras razões não possui comprovação científica e deve ser feita com cautela, garantindo que a alimentação permaneça nutritiva e equilibrada. Independentemente da escolha, a melhor abordagem é sempre buscar orientação de um profissional de saúde antes de fazer mudanças significativas na dieta. Continue navegando pelo nosso site e confira também nossas categorias Vegano e Vegetariano e Zero Lactose.